VEJA NOSSAS OBRAS



Veja aqui nossas obras selecionadas
por Estados brasileiros

 


Login
Usuário ou Email

Senha




Cadastre-se!
   

Visitantes
  
Usuários Online:
Membros:
0
Anônimos: 21
  


  

TV Globo - Bom Bia Brasil - 27/09/2004

Obra rara

 

Ele pintava o Brasil com uma simplicidade rara. Ousava nas cores e também no traçado. Mas ficou marcado na história pela temática social e puramente brasileira de sua arte.

Hoje, as obras de Cândido Portinari são admiradas e cobiçadas no mundo inteiro. E, quem diria, um dos maiores desafios é justamente conhecer seus quadros. Muitos se perderam ou foram comprados.

Nessa busca incessante, uma grande surpresa foi descoberta atrás das mesas de um restaurante: o Painel dos Bandeirantes.

É uma longa história. Em 1998, os donos do hotel venderam um quadro de Portinari para um colecionador em Buenos Aires. Um marchand brasileiro se interessou pelo painel, mas ainda não havia técnicas para retirá-lo da parede.

Só este ano, com uma tecnologia inovadora, usada para montar aviões, foi possível colocar o painel num suporte de aço. Ele foi levado para uma oficina de restauração e agora fará sua estréia numa exposição para todos os brasileiros.

O mural, de 1954, foi feito especialmente para a inauguração de um hotel, que coincidiu com as comemorações do quarto centenário de São Paulo. A obra ficou presa 50 anos na parede do restaurante, restrita aos hóspedes.

"Essa obra estava condenada ao ostracismo. A exposição agora em massa é o que coroa realmente o artista, é o reconhecimento do público", diz o arquiteto restaurador Arnaldo Domingo Sarasá Martin.

Antes de chegar à exposição, o mural ainda passou por um longo processo: limpeza e reposição das pastilhas perdidas com o tempo.

"Foi necessário achar exatamente as pastilhas, nas cores certas", conta a arquiteta restauradora Eliane Pavan.

Depois de pronto, foi usado um guindaste para remover o painel. A obra pesa 800 quilos e mede quase oito metros de comprimento. Para acomodá-la, foi utilizada a tecnologia da indústria aeronáutica.

O painel fica numa estrutura de aço, rígida e ao mesmo tempo leve, que não deforma e tem resistência térmica.

A obra se tornou a principal atração de uma exposição sobre o trabalho de Portinari que será aberta na Bolsa de Mercadorias e Futuros.

"O bandeirante foi de alguma maneira um dos temas históricos que o Portinari mais abordou. Esse é o maior deles em termos de dimensão", afirma a curadora Christina Penna.

Segundo os especialistas, o mural é o único trabalho de Portinari feito em pastilhas, recortadas, uma a uma, artesanalmente. Por isso, os mosaicos são irregulares. Na obra, foram usados 70 mil.

A exposição com as obras de Cândido Portinari vai ser aberta ao público nesta terça-feira, dia 28, no Espaço Cultural da Bolsa de Mercadorias e Futuros de São Paulo. Uma curiosidade: quem financiou a restauração foi um marchand carioca que agora pretende vender o painel Bandeirantes. O preço? US$ 2 milhões.

Endereço da exposição:
Praça Antonio Prado, 48. São Paulo - SP.
Tel.: (11)3119 2000



      Mosaico de Portinari é exposto na BM&F
      Atelier Sarasá remove painel em mosaico de Portinari

Voltar